RUTH CONTRA HITLER - A HISTÓRIA DE RUTH ANDREAS-FRIEDRICH, A JORNALISTA QUE DESAFIOU O NAZISMO

Código: PAGKB5QR6
3x de R$ 19,30
R$ 57,90
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 57,90 sem juros
    • 2x de R$ 30,25
    • 3x de R$ 20,46
    • 4x de R$ 15,57
    • 5x de R$ 12,63
    • 6x de R$ 10,68
    • 7x de R$ 9,28
    • 8x de R$ 8,24
    • 9x de R$ 7,43
    • 10x de R$ 6,78
    • 11x de R$ 6,25
    • 12x de R$ 5,81
  • R$ 57,90 Pix
  • R$ 57,90 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Uma história emocionante que se passa durante os anos da Segunda Guerra, em Berlim. De dia, a jornalista alemã Ruth trabalhava para a revista feminina Die junge Dame (A jovem senhora) e, à noite, salvava desconhecidos, amigos e conhecidos judeus, abrigando-os em sua casa. 

Pessoas como Ruth arriscaram suas vidas fazendo uso da coragem civil para salvar cinco mil pessoas na Alemanha. Em Berlim, 1.700 conseguiram sobreviver com a ajuda de corajosos civis. 

Em seu novo e supreendente livro, a escritora e jornalista carioca radicada na Alemanha Luciana Rangel se debruça sobre a mulher à frente de seu tempo que foi Ruth, assim como do diário que a alemã deixou e que não é preenchido somente com fatos, mas também com sentimentos, perspectivas individuais, lembranças e pistas de um tempo, uma época, um estilo de vida e uma geração, como neste trecho em que ela nos aponta a dificuldade da comunicação entre os que queriam ajudar. Do diário de Ruth, 11 de novembro de 1938:

“Quase todos meus amigos abrigam pessoas. Quando conversamos uns com os outros, falamos em código. Quebra-se a cabeça por horas para tentar entender o que o parceiro do outro lado da linha quis dizer: quem diabos é Karl? Que Gehard? Que crianças são essas? Não faço ideia de quem possa ser, mas cresce o treino para o fim do mundo, e a cada hora aumenta o talento de decifrar combinações.”

A bela capa da obra foi feita pela artista polonesa radicada em Londres Barbara Gibson, uma das mais conceituadas designers gráficas da Europa no momento.  

Sobre a autora:

Luciana Rangel é jornalista e escritora carioca. Mora na Alemanha desde 2005. Em sua trajetória, soma experiência na imprensa internacional e nacio - nal. Suas produções sobre história, política e cultura foram premiadas pela União Europeia e TV Globo. Recebeu também o Prêmio Petro - bras pelo documentário Brasil: País da saudade. Como autora, participou da antologia bilíngue Saudade é uma palavra estragada (Bübül Verlag), de Escrever Berlim (Nós) e do Salão de Outono do Teatro Maxim-Gorki de Berlim. É doutoranda do Instituto Latino-Americano da Universidade de Bielefeld. Seu livro Está (quase) tudo bem, publicado em 2020 pela Folhas de Relva Edições foi publicado na Alemanha pela editora Hagebutte Verlag, recebendo o Prêmio de Melhor Livro do Ano do Ministério da Cultura e da Ciência da Baviera. 

***

Edição: 1

Ano: 2022

Assunto: Literatura Nacional – Não Ficção - jornalismo\nazismo\judeus\segunda guerra

Idioma: Português

País de Produção: Brasil

ISBN: 

Peso: 0,246 kg

Nº de Páginas: 188

Capa: Barbara Gibson

Projeto gráfico: Osvaldo Piva

3x de R$ 19,30
R$ 57,90
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos
  • Site Seguro

Alexandre Staut - CPF: 204.065.128-41 © Todos os direitos reservados. 2024


Para continuar, informe seu e-mail