VOCÊ NÃO DEVE ESQUECER NADA: MEMÓRIA E IDENTIDADE NA FICÇÃO DE PHILIP ROTH

Código: QJLE66APN
12x de R$ 5,91
R$ 58,90
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 58,90 sem juros
    • 2x de R$ 30,77
    • 3x de R$ 20,81
    • 4x de R$ 15,84
    • 5x de R$ 12,85
    • 6x de R$ 10,86
    • 7x de R$ 9,45
    • 8x de R$ 8,38
    • 9x de R$ 7,56
    • 10x de R$ 6,90
    • 11x de R$ 6,36
    • 12x de R$ 5,91
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

"Este livro nasceu de um interesse inicial em estudar o Holocausto em escritores judeus que não tivessem uma conexão familiar ou pessoal com esse evento histórico. Me interessava como pesquisadora pensar a relação com uma memória cultural que não correspondesse à história pessoal, além de olhar para como essa memória molda a arte de escritores judeus para além dos caminhos mais tradicionais de pesquisa, centrados nos testemunhos ou na ideia do trauma transmitido dentro de uma família. Este recorte levou a um estudo da comunidade judaica dos Estados Unidos, na qual a maioria dos imigrantes chegou no final do século XIX e início do século XX, uma vez que em 1924 o país instituiu o sistema de cotas migratórias que, na prática, fechou as fronteiras para novos imigrantes judeus. Essa formação populacional teve como consequência que, na década de 1930, quando a ascensão do nazismo começa, já existisse nos Estados Unidos uma comunidade numérica e culturalmente muito significativa, assim como judeus que eram a terceira geração de imigrantes e que se consideravam plenamente americanos. Portanto, quando o Holocausto acontece na Europa, há nos Estados Unidos um contingente considerável de judeus para quem essa experiência permanece distante e estrangeira e cuja história familiar não possui qualquer convergência com esse evento específico na história judaica. Além disso, nos anos que se seguem, o Holocausto se torna o símbolo maior de um aspecto definidor da experiência judaica até então: a perseguição e a violência. Contudo, embora existisse e, ainda exista, antissemitismo nos Estados Unidos, sua agressividade nunca se igualou a da Europa e essa comunidade possuía como experiência mais comum uma trajetória de ascensão social e prosperidade econômica. Todos esses elementos confluíram para tornar interessante o estudo da temática do Holocausto em escritores judeus americanos. Dentre esse grupo de escritores, Philip Roth se destaca pela importância no cenário literário e investigação continuada de questões relativas à identidade judaica e principalmente dos para - doxos relativos a essa identidade em sua obra. Sendo um escritor muito estudado academicamente e abordado com frequência pela crítica literária de forma mais ampla, alguns clichês se construíram em torno da obra de Roth e o principal deles é a ideia de 'fabulações da identidade', um conceito que propõe que em seu trabalho a identidade possui uma natureza essencialmente 'performática' e 'instável', ou seja, que Roth discordaria da possibilidade de fixação ou mesmo definição de qualquer forma de identidade. Minha pesquisa considera a parcela de inventividade e encenação presente na formulação que Roth faz do conceito de identidade, mas questiona a ideia de que ela seria plenamente passível de invenção ou mesmo performática." (trecho do texto de apresentação da obra escrito pela autora)

Sobre a autora:

Isadora Sinay é formada em cinema e doutora em literatura judaica pela Universidade de São Paulo. Crítica literária e ensaísta, já publicou em veículos como as revistas Deriva, Pasmas e os jornais O Estado de São Paulo e O Globo. Atua também como tradutora e professora.

***

Edição: 1

Ano: 2022

Assunto: Literatura Nacional – crítica e interpretação 

Idioma: Português

País de Produção: Brasil

ISBN: 978-65-80672-21-9

Peso: 0,270 kg

Nº de Páginas: 218

Capa e projeto gráfico: Osvaldo Piva

Editora: Folhas de Relva Edições

12x de R$ 5,91
R$ 58,90
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
Selos
  • Site Seguro

Alexandre Staut - CPF: 204.065.128-41 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail